Lojas de conveniência registram expansão nas vendas

Enquanto as vendas no varejo recuaram 6,2% em 2016, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as das lojas de conveniência registraram expansão na mesma magnitude (6,2%), atingindo faturamento de R$7,2 bilhões. Além disso, o tíquete médio – métrica que apresenta o valor médio que cada cliente gasta nas compras em determinado estabelecimento – das lojas de conveniência avançou 7,3%, chegando a R$11,91.

Os dados do IBGE se refletem em Juiz de Fora, conforme relata o administrador da Rede de Lojas de Conveniência Climax, Jackson Melo Sampaio. Para ele, os principais motivos que contribuem para esse aumento são o preço e o atendimento diferenciado, visando atender todas as demandas dos clientes. “Os empresários estão apostando nessas lojas. Apesar de ser caro, se for bem administrada ela é rentável”, afirma Sampaio.

O administrador acredita que as lojas de conveniência ajudam nas vendas de combustível dos postos, pois as pessoas vão às lojas e acabam abastecendo no local. “Pelo mercado competitivo de combustível, os donos dos postos estão aderindo a esse segmento para ser um diferencial”, ressalta. Por esse motivo, ele acredita que pode haver uma expansão desse tipo de estabelecimento na cidade.

Sampaio conta que iniciou o projeto com uma vídeo locadora e a loja de conveniência. Com a queda no mercado de locação de filmes, aderiu ao setor alimentício, investindo em uma pizzaria, cujo horário de funcionamento é estendido, e na oferta de almoço e lanches, a fim de ampliar o público alvo.

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: