Mãe nas dificuldades

Em comemoração ao Dia das Mães, o Diário Regional traz, nesta semana, uma série especial com relatos de mulheres que se destacam no cenário municipal e se dividem entre o trabalho e maternidade.

HOMENAGEADA PELO DIÁRIO REGIONAL A DIRETORA PRESIDENTE DO GRUPO SIRCOM, JANE ARAGÃO FALA SOBRE A RELAÇÃO COM OS FILHOS

“Quando meus filhos nasceram, larguei meu emprego, pois queria me dedicar totalmente a eles”, conta Jane Aragão que tem três filhos e sete netos.
Jane é formada em Pedagogia, Direito e administra o Grupo Sircom. Durante o período de estudos, ela diz que contava com a ajuda da mãe para cuidar dos filhos. “Minha mãe sempre me ajudou muito com a criação dos meus filhos.

Por isso, tive a oportunidade de voltar a estudar à noite, pois, tinha parado devido ao nascimento da minha filha Josane”.

Apesar das dificuldades enfrentadas, Jane disse que sempre fez tudo que pôde para cuidar dos filhos. “Quando meus filhos nasceram eu e meu marido estávamos passando por muitas dificuldades, pois havíamos mudado para um bairro com pouca infraestrutura, um dia faltava água, no outro, luz, e assim vivi”, conta.

A advogada comenta que sempre gostou muito de crianças. “Tive a oportunidade de dar o primeiro banho nos meus netos, participar da criação deles, dos aniversários. O Natal era sempre comemorado na minha casa”, relembrou.
“Minha relação com meus filhos sempre foi de muito respeito e hierarquia. Eles sempre me ouviram, nunca tivemos problemas, quando os três passavam por um problema me procuravam. Sempre rezei muito para eles, para dar tudo certo”, completa.

Jane assumiu a direção do Grupo Sircom no ano de 2007, quando seu marido faleceu, antes disso, fazia parte de comissões da Ordem dos Advogados do Brasil e foi a primeira mulher a participar do Programa Mesa de Debates, exibido pela TVE. “Fui a primeira mulher a participar do programa por muitos anos”, citou.

Homenageando as mães pelo dia reservado a elas, a advogada deixa uma mensagem. “Toda mãe quer o melhor para seu filho. É importante que a mãe extraia o melhor do filho, o máximo potencial, porque todos têm muita capacidade. Todas deveriam incentivar os filhos a seguir o que eles querem. A vida ensina, e todos aprendem na prática. Sempre ore pelo seu filho, para que tudo dê certo”, finaliza.

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: