Mulher e filho são mantidos em cárcere privado por dois dias

Uma grávida de 31 anos e seu filho de quatro foram mantidos em cárcere privado, no interior da própria residência, no bairro Santa Rita, zona Leste, por dois dias pelo companheiro da mulher.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), a vítima relatou que por questões passionais, o homem vinha mantendo as vítimas trancadas em casa. Ele teria arrebentado os fios do telefone e se apropriado do celular da vítima a fim de impedir que a mesma fizesse algum contato externo.

Durante a madrugada dessa quinta-feira, 3, a vítima conseguiu emendar os fios do telefone arrebentado. Pela manhã, ela teria discutido com o companheiro após tentar convencê-lo a abrir as portas do imóvel e do portão. Os dois teriam entrado em luta corporal, e a mulher conseguiu pegar as chaves da casa sem que ele percebesse. Quando o suspeito saiu, ela ligou para a polícia.

Questionada sobre o motivo de não ter tentado algum contato com vizinhos, ela relatou que o autor teria durante este período feito várias ameaças de morte, e durante tais ameaças teria afirmado que os vizinhos estariam vigiando caso ela tentasse tomar alguma providência, o que a desestimulou em pedir apoio. Também afirmou que não tentou fugir pelas janelas, pois sua capacidade física está reduzida devido à gravidez.

A PM realizou rastreamento na região e no trabalho do suspeito, mas o mesmo não foi localizado.

A vítima foi orientada quanto às demais providências e o caso será investigado pela Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher.

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: