Nerso da Capitinga visita fã de supermercados

O aniversário de 76 anos da dona de casa Neuza Castro da Rocha movimentou as redes sociais na semana passada. Seus familiares fizeram uma festa surpresa em que o tema foi o supermercado Bahamas. Para agradecer a homenagem, a equipe do Grupo Bahamas foi à casa da dona de casa no bairro Monte Castelo, zona Norte, na tarde dessa sexta-feira, 12.

“Receber uma manifestação de carinho como essa, para uma empresa do porte do Bahamas, nos faz ver que toda a nossa trajetória tem ido para o caminho certo”, afirmou o gerente de Marketing do Bahamas, Nelson Júnior.

Os funcionários do supermercado não sabiam da festa, que foi realizada no início do mês. “Quando ficamos sabendo e tivemos acesso às fotos, foi uma alegria na empresa. Nosso trabalho é recompensando com esse carinho da Dona Neuza e sua família. É um dos grandes resultados deste ano”, relatou. Em seguida, a diretoria foi informada da festa e que a equipe de marketing pretendia visitar a cliente, junto com uma das figuras que representam o supermercado, Nerso da Capitinga.

“Depois que a gente viu, comunicamos à diretoria que iríamos fazer uma visita de cortesia a Dona Neuza para agradecer. Na decoração, vimos um cartaz com o Nerso, então teríamos que levá-lo, mas o enfoque da visita era ir dar um abraço e agradecer”, ressaltou Nelson.

Para a dona de casa, Neuza Castro da Rocha, o dia se tornou mais especial por ter conhecido o garoto propaganda. “Foi uma alegria e eu fiquei encantada. Não estava esperando por isso”, exclamou.

A FESTA

A ideia da festa surgiu após a namorada do neto da dona de casa ter visto o tema na internet. “A namorada do meu filho Victor, Caroline, viu na internet e achou muito legal. Ela nos questionou o porquê nós nunca fizemos uma festa do Bahamas para ela e todos nós topamos a ideia”, relatou a filha da Neuza, Vivia Castro.

Depois que decidiram o tema da festa, a nora da dona de casa, Genezielle Raposo, foi a responsável pela decoração. “Ela tem habilidade artística. Ela fez os cartazes com as ofertas e imprimiu o com o Nerso”, disse Vivia. Ela disse que os familiares brincam que o sobrenome da dona de casa deveria ser “Bahamas”. “No dia, ela chegou e a primeira coisa que ela fez foi pegar o panfleto de oferta que a gente tinha pegado para enfeitar a festa”.
Neuza contou que o hábito de frequentar o mercado quando ainda morava no bairro São Bernardo. “Eu ia todos os dias para olhar as ofertas. Meus familiares até me perguntavam se eu estava precisando de alguma coisa para ir todo o dia ao mercado e eu respondia que não, só ia para ver as ofertas”, disse.

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: