Obras da estação elevatória de esgoto da Cesama estão 90% concluídas

A Companhia de Saneamento Municipal (Cesama) já finalizou cerca de 90% dos trabalhos de construção da nova estação elevatória de esgoto da Avenida Brasil, próxima ao Viaduto Augusto Franco. A unidade integra as obras de despoluição do Rio Paraibuna, que abrangem 40 quilômetros de tubulações ao longo das margens do rio e de cinco córregos, além de duas novas estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) e mais cinco elevatórias.

O diretor de desenvolvimento e expansão da Cesama, Marcelo Mello do Amaral, explicou que estas estações são necessárias em cidades íngremes como Juiz de Fora, auxiliando no bombeamento do esgoto, diante do terreno acidentado. “O volume, que antes era lançado nos córregos Tapera, Matirumbide e São Pedro, será transportado por rede de recalque até a Avenida Francisco Valadares, e depois descerá, por gravidade, até uma segunda estação elevatória, no bairro Vila Ideal, a maior unidade dentre as cinco previstas, para então chegar até a ETE União-Indústria, que já está em fase final de construção, em Granjas Bethel”.

“Estamos concluindo a montagem da parte de automação, elétrica e mecânica da unidade. Já instalamos uma caixa para o medidor de vazão da estação e, agora, executamos a concretagem da ala onde será alocada a descarga da rede, além da sua válvula de retenção. A previsão é de que a unidade esteja pronta no segundo semestre de 2017”, afirmou Marcelo.

A previsão é de que, ainda este ano, sejam finalizadas as obras da primeira fase do projeto, que incluem elevatórias e redes localizadas na margem direita do Rio Paraibuna, desde a Rua Benjamim Constant até a ETE União-Indústria.

Serão necessárias, também, as obras da segunda etapa, englobando a implantação de coletores de esgoto nas margens dos principais córregos da cidade, como o de São Pedro e Tapera (com trabalhos já iniciados), Matirumbide, Poço d´Antas e Santa Luzia, incluindo as respectivas estações elevatórias, para que, desta forma, este conjunto de obras seja interligado ao sistema construído na primeira fase do projeto.

Fonte: Assessoria

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: