Anuncie
Juiz de Fora e Região

PM já recuperou 48 veículos que foram furtados ou roubados em JF

Por: Diário Regional 12/04/2018 6:37

A Polícia Militar (PM) recuperou na madrugada dessa quarta-feira, 11, um veículo Ford Fiesta, que teria sido roubado. Este é o 48° automóvel localizado pela corporação nos últimos três meses. Conforme as informações da polícia, dois indivíduos armados teriam rendido duas mulheres, de 33 e 37 anos, ocupantes do carro, na Avenida dos Andradas, por volta 23h30, de terça-feira, 10. As vítimas foram mantidas no automóvel até as proximidades do bairro Distrito Industrial, na Zona Norte, quando foram liberadas pelos assaltantes. As buscas pelos suspeitos começaram pouco tempo depois da ação, quando a PM recebeu denúncia. O rastreamento realizado pela polícia durou cerca de quatro horas, resultando na localização do carro em situação de abandono no bairro Jardim dos Alfineiros, na mesma região. Os homens não foram localizados.

Apesar de a corporação ter registrado queda de 52% no número de automóveis furtados e de 29% na quantidade de roubados em Juiz de Fora, no período, ela reforça a necessidade de mudança de comportamento da população para que esses crimes sejam evitados. De acordo com o assessor de comunicação da 4ª Região de PM, major Jovânio Campos, algumas ações podem ser adotadas pelos condutores para evitar exposição e a possibilidade de se tornar vítima.

“O cidadão tem uma parcela de responsabilidade sobre seus pertences. É importante que as pessoas adotem procedimento para manter o carro em seguro. A primeira coisa é que o veículo precisa estar fechado. Pode ser brincadeira, mas ainda vemos carros no Centro de Juiz de Fora, com vidros abaixados e com chave na ignição, sem a presença do proprietário. Outra questão é o cuidado reforçado sobre onde vai estacionar o carro, especialmente com relação a furtos. Se tiver algum sistema de segurança como alarmes, travas, pode ajudar. Evitar deixar objetos que chamem atenção no interior do veículo, bolsas, telefones celulares, maletas e outros que deem a ideia de valor”, diz.

Se tratando de roubo, o major explica que o local de estacionamento e a quantidade de pessoas no entorno podem contribuir para a prática criminosa. “O ideal é observar os locais de parada. Evitar ambientes escuros, com pouca movimentação. Também tem aquela situação em que o motorista estaciona e fica no carro aguardando a chegada de alguém e isso pode ser perigoso, pois o criminoso pode surpreender e se aproveitar de uma situação relativamente mais fácil, uma vez que é só entrar no carro e sair dirigindo. Sempre procurar locais seguros. À noite, os cuidados precisão ser reforçados, já que a redução de pessoas que estão circulando, incide no aumento de crimes”, afirma.

No caso de uma eventual ação, a dica é não reagir e acionar a PM. “Se possível, memorizar as características e a rota de fuga do indivíduo e acionar a polícia. No momento de tensão, geralmente, as pessoas têm o costume de ligar para parentes, comunicam o crime nas redes sociais e deixam para chamar a PM depois. Porém, qualquer segundo é precioso. Um bandido com a intenção de desmanchar ou esconder o veículo, consegue, em pouco tempo, concluir a ação. Aí, a importância de nos chamar o mais rápido possível”, frisa Campos.

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: