QR-Code evita fraudes e garante autenticidade de CNH

Já está em vigor na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) um novo recurso contra fraudes: o QR-Code. Por meio dele, todos os dados do condutor podem ser acessados, inclusive a foto. O código bidimensional conectará diretamente a CNH ao Registro Nacional de Condutores Habilitados (Renach), sem a necessidade de digitar os dados do motorista.

Até o momento, mais de 140 mil CNHs no estado de Minas gerais, foram expedidas com código, que fica localizado no verso do documento. Conforme a Coordenadora da Banca de Habilitação de Juiz de Fora, delegada Patrícia Ribeiro, este é mais um item de segurança, que garante a autenticidade da CNH durante a fiscalização. “É bom esclarecer que o QR-Code é um código de barras bidimensional e por ele, todos os dados do condutor serão acessados no momento da fiscalização. Agora, ficou praticamente impossível haver fraude no documento”, explicou.

ENTENDA

O código é gerado pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e pode ser lido por meio do aplicativo Lince, desenvolvido pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), e estará disponível para download nas lojas de aplicativo para smartphones. A medida cumpre a determinação da Resolução 650 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e é obrigatória em todo o país a partir deste mês. Outras alterações já haviam sido realizadas pelo órgão. Mudanças na cor, layout e inclusão de itens de segurança, como marcas d’água, holografia e dois números de identificação do condutor, um estadual e outro nacional.

Segundo a delegada Patrícia Ribeiro, as CNHs antigas serão substituídas gradativamente. “Quem possui o documento dentro da validade, não tem necessidade de fazer a troca, ela será feita automaticamente quando o condutor fizer a renovação, ou se precisar pedir uma 2ª via, em caso de extravio ou por qualquer outro motivo. Caso contrário, a CNH será aceita normalmente”, reforçou.

Os processos para obter ou renovar a habilitação continuam os mesmos. As mudanças não acarretarão nenhum reajuste de valores do documento para os usuários. São realizadas apenas para garantir mais segurança.

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: