Rede de óticas de Juiz de Fora é suspeita de sonegação fiscal

A rede Óticas Kika, empresa juiz-forana voltada à comercialização de óculos e equipamentos eletrônicos, foi alvo da operação Armação, deflagrada pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), Receita Estadual e Polícia Civil, na manhã desta terça-feira, 21. A ação apura a suspeita de venda de óculos, lentes e armações sem procedência comprovada.

Segundo o Ministério Público, a rede estaria comercializando óculos sem nota fiscal. Os produtos seriam adquiridos no estado do Rio de Janeiro e guardados em um sítio na região de Matias Barbosa.

Na operação desta terça-feira, foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão em Juiz de Fora e Matias Barbosa, sendo realizadas a contagem física de produtos e a verificação da origem das mercadorias. Três promotores de Justiça, três delegados, 18 agentes da Polícia Civil e 45 auditores fiscais participaram da força-tarefa.

Ainda segundo informações do MP, a Secretaria Estadual de Fazenda já teria apurado que, em 2015 e 2016, a empresa comercializou centenas de óculos sem comprovar, por meio de nota fiscal, as aquisições, o que teria resultado em uma sonegação superior à R$1 milhão de reais.

Os envolvidos estão sendo investigados pelos crimes de sonegação fiscal e organização criminosa. Em caso de condenação, as penas podem chegar a 10 anos de reclusão.

 

POSICIONAMENTO DA EMPRESA

Em nota de esclarecimento, a Óticas Kika nega a acusação de que compra óculos de sol e de grau e lentes de contato no estado do Rio de Janeiro e revende sem nota em Juiz de Fora. A empresa também afirma que todas as suas mercadorias são adquiridas com nota fiscal, obtidas diretamente dos fabricantes.

“Reiteramos aqui que a Óticas Kika é uma empresa genuinamente juizforana, no mercado há 36 anos, que prioriza a clareza com relação a origem e qualidade de seus produtos; essa conduta permitiu relações empresariais com as maiores indústrias multinacionais do mercado do segmento óptico do mundo”, ressalta a nota.

A empresa destaca, ainda, estar à disposição das investigações, em busca do esclarecimentos dos fatos.

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

5 comentários em “Rede de óticas de Juiz de Fora é suspeita de sonegação fiscal

  • Avatar
    18 julho , 2019 em 06:36
    Permalink

    Thank you for the sensible critique. Me and my neighbor were just preparing to do a little research about this. We got a grab a book from our local library but I think I learned more clear from this post. I am very glad to see such magnificent information being shared freely out there.

  • Avatar
    29 maio , 2019 em 22:40
    Permalink

    whoah this weblog is magnificent i love studying your posts. Keep up the good work! You already know, lots of persons are looking round for this info, you can help them greatly.

  • Avatar
    4 maio , 2019 em 11:45
    Permalink

    Throughout the grand scheme of things you’ll secure an A+ with regard to effort. Exactly where you actually confused me was first on all the specifics. As it is said, the devil is in the details… And it couldn’t be much more correct at this point. Having said that, allow me inform you exactly what did do the job. Your text is certainly very persuasive which is probably why I am taking the effort to comment. I do not really make it a regular habit of doing that. Next, while I can certainly see the jumps in logic you come up with, I am definitely not sure of how you seem to connect your ideas which produce the actual conclusion. For the moment I shall subscribe to your point but trust in the near future you actually link the facts much better.

  • Avatar
    27 abril , 2019 em 17:18
    Permalink

    fantastic post, very informative. I wonder why the other experts of this sector don’t notice this. You should continue your writing. I am sure, you have a great readers’ base already!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: