Rodoviários realizam assembleia para debater campanha salarial

O Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Juiz de Fora (Sinttro) se reuniu com rodoviários nessa sexta-feira, 17, para definir as propostas que serão encaminhadas ao sindicato patronal para abertura das negociações salariais do próximo ano. A principal reivindicação da categoria, apresentada durante a assembleia, é o reajuste do salário de acordo com Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do próximo ano e 6% de ganho real, considerando a data base (1° de fevereiro). A proposta foi aprovada com unanimidade e será repassada aos empresários até o fim do mês.

Os rodoviários também pleiteiam aumento de pouco mais de 35% no vale-alimentação, que hoje é R$310 e passaria para R$420, além de redução da jornada de trabalho, de 7h20 para 6h40, bem como reajuste no intervalo entre jornadas. “O nosso trabalhador prefere trabalhar direto e ter o horário de pausa fracionado pelo tempo em que ele estiver nos pontos finais. A ideia não é extinguir o período de descanso, mas realocá-lo para que quando o motorista ou cobrador estiver no ponto final, ele tenha mais tempo para fazer suas atividades, como lanchar ou almoçar, por exemplo”, afirma o presidente do Sinttro, Vagner Evangelista.

Embora já esteja se mobilizando, o sindicato não espera grande aumento no salário dos funcionários. Com isso, o intuito é viabilizar mais benefícios, como a melhoria dos planos de saúde e odontológico. “Nos últimos 12 meses, vivemos um período de inflação baixa e, por isso, acreditamos que o reajuste não será tão alto. Porém, podemos garantir que lutaremos por mais benefícios e melhorias. Temos ciência de que o trabalhador estando satisfeito e sendo bem remunerado, desempenha um bom trabalho, que também atende aos interesses da população”, ressalta Evangelista.

Durante o período de negociação, estão programadas várias ações de conscientização e busca de apoio para a Campanha, como passeatas e outras assembleias.

NEGOCIAÇÃO CONCLUÍDA TRÊS MESES DEPOIS DA DATA BASE

Neste ano, o desfecho da negociação ocorreu no mês de maio, após 12 reuniões entre os rodoviários e a patronal. Ambas as partes acordaram o reajuste de 6,5% nos salários e aumento de R$40 no vale-alimentação, que passou para R$310. Inicialmente, a classe pleiteava o aumento salarial de 8,44%, sobrepondo à inflação no período de 31 de janeiro de 2016 a 1º de fevereiro de 2017.

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: