Secretaria de Saúde trabalha para melhorar disponibilização de leitos hospitalares

A Secretaria de Saúde (SS) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) ampliou o número de equipes do Departamento de Internação Domiciliar (DID) e agora inicia nova etapa para melhor gerenciamento dos leitos do SUS, não só nos hospitais, mas também nas unidades de pronto atendimento (UPAs). Com mais três equipes, o serviço chega a toda a cidade, agilizando a liberação de leitos e dando mais qualidade de vida a maior número de pacientes acamados, que passam a ser acompanhados em suas casas.

Este benefício foi possível com capacitação e credenciamento de duas novas equipes multiprofissionais de atenção domiciliar (Emads), cada uma composta por dois médicos, um enfermeiro, três auxiliares de enfermagem e um fisioterapeuta, e de mais uma de apoio (Emap), que conta com um nutricionista, um assistente social, um fonoaudiólogo e um psicólogo. Agora o município conta com sete equipes.

O foco da Subsecretaria de Urgência e Emergência, da qual o DID faz parte, é promover a “desupalização”, ou seja, evitar que o paciente que pode ter atenção em casa fique internado nas UPAs. Antes da ampliação existiam equipes nas UPAs de Santa Luzia, Norte e no Hospital de Pronto Socorro (HPS). Com as novas habilitações, a UPA de São Pedro e a Regional Leste também passam a contar com o trabalho. Para discutir este novo fluxo de acesso e reorganizar os trabalhos foi realizada, no dia 24, uma reunião com representantes dos hospitais credenciados e das UPAs.

“Se não houvesse o DID, o paciente, mesmo em condições de saúde não tão graves, teria que ficar internado. Com o serviço, ele pode ser tratado no seu lar, junto à família, com a alimentação que ele gosta e todo o conforto”, explicou a subsecretária de Urgência e Emergência, Adriana Fagundes. No caso dos hospitais credenciados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) que não têm equipe no local, os profissionais já estão orientados a entrar em contato com o DID, para que seja feita a avaliação do paciente. Em 2016, o DID promoveu a desospitalização de 193 pessoas, e até abril deste ano já foram 30.

QUALIDADE DE VIDA AOS PACIENTES

Os pacientes acompanhados pelo DID, na maioria dos casos, são vítimas de doenças crônicas ou frágeis, como explicou o médico geriatra do departamento, Luiz Gustavo Almeida: “São casos em que o doente pode ser acompanhado em casa, sem a necessidade de leito hospitalar, o que diminui muito os riscos de contrair doenças agudas e regredir no seu quadro de saúde.”

O município, hoje, tem estrutura domiciliar robusta, que dá condições de oferecer assistência de qualidade. O departamento faz a avaliação através da tabela de complexidade ambulatorial da Associação Brasileira de Empresas de Medicina Domiciliar (Abemid) que determina se o paciente pode ir ou não para o domicílio de forma segura ou até mesmo ser acompanhado somente pela atenção primária. “Além disso, a equipe multiprofissional de apoio faz o acompanhamento nutricional dos pacientes e presta orientações às famílias sobre os seus direitos e deveres, direcionado para situações de vulnerabilidades”, explicou a gerente do DID, Verônica Mendonça Lima.

O departamento organiza, ainda, ao longo do ano, os encontros de cuidadores, e passará a ofertar assistência psicológica a eles, através do Grupo de Apoio ao Cuidador, que está em fase de implementação. “A participação do familiar/cuidador é extremamente importante, só que em muitos momentos é desgastante, já que dedica muitas horas de atenção e cuidado ao paciente. Além do envolvimento emocional, que gera tensão maior. Portanto, eles também precisam desta atenção”, esclareceu Verônica.

O cuidador Fernando Ferreira, que prestou assistência a um paciente, através do DID, é grato ao serviço, por ter evitado a internação por mais de um ano: “Ele necessitou de cuidados paliativos, e o departamento nos ofereceu toda a atenção e equipamentos, com o conforto de estarmos em casa e sem os riscos de contrair infecção hospitalar, por exemplo”.

Fonte: Assessoria

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: