Semana será chuvosa na Zona da Mata

As pancadas de chuva que surpreenderam os juiz-foranos devem continuar até o final da semana. É o que afirmou o meteorologista Luiz Ladeia, do 5º Distrito do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

“Vamos ter continuidade das chuvas ao longo da semana, pois já foi constatado o início deste ciclo chuvoso”, explicou o especialista. “Nesta terça-feira, o céu ficará encoberto e há previsão de pancadas de chuva acompanhadas de trovoadas isoladas”, acrescentou.

O Instituto registrou queda das temperaturas máximas na região devido às chuvas. “A mínima será de 16°C e a máxima de 24°C”, informou o meteorologista sobre a previsão desta terça. A umidade será de 100% pela manhã e 60% à tarde.

“A tendência é que as chuvas continuem, porém vamos continuar o monitoramento”, disse o especialista sobre a possibilidade da extensão dos dias chuvosos.

As chuvas foram provocadas pelo encontro de duas frente frias. “Uma frente fria com umidade veio da Amazônia e encontrou uma que já estava por aqui. Esse encontro provocou mais dias chuvosos e instabilidade no Centro-Sul, Zona da Mata e Triângulo mineiro”, finalizou.

 

MAIS DE 30 OCORRÊNCIAS REGISTRADAS

Devido às chuvas, a Defesa Civil registrou 31 chamados somente nessa segunda-feira, 20, no período de 7h às 16h. De acordo com boletim divulgado pelo órgão, desse total, cinco foram relativos à ameaças de escorregamento de talude; quatro à escorregamentos de talude; três sobre ameaças de queda de muro de divisa e duas solicitações relativas à alagamentos.

Um dos escorregamentos de talude aconteceu na Rua Benício de Souza Rocha, no bairro Santa Luzia, região Sul. “A Defesa Civil fez a doação de lona e orientou a moradora a fazer a estabilização do barranco, para evitar novos deslizamentos. Não há risco para nenhuma moradia”, informou o órgão, ressaltando, ainda, que não foi registrada nenhuma ocorrência grave.

Ainda conforme o boletim, a região com mais registros de solicitações foi a Leste (10), seguida da Sudeste (sete), Sul (quatro), Nordeste e Centro (três em cada), e Oeste e Norte (duas em cada).

Outras duas ocorrências foram registradas no final de semana. Em uma delas, no bairro Jardim Esperança, zona Sudeste, uma família de cinco pessoas foi orientada pelo órgão a deixar a residência na noite desse domingo, 19. O talude escorregou e havia risco de novos deslizamentos. Ninguém foi atingido e eles foram deslocados para casas de familiares.

Segundo informações da Defesa Civil, o responsável pela estabilização do talude já está tomando as providências e a orientação é de que a família permaneça fora do imóvel até a consolidação da contenção.

A outra ocorrência, que também envolve o deslize de talude, foi registrada na Rua Barão do Retiro, situada no bairro Bonfim, zona Leste. O caso foi sem gravidade e nenhum morador precisou deixar a sua residência.

 

VOLUME DE CHUVAS

Conforme dados pluviométricos informados pela Defesa Civil, Juiz de Fora registrou média de 31,28 mm de chuvas, sendo Graminha, Ponte Preta e São Judas Tadeu com maiores índices pluviométricos: 57mm, 47,53mm e 44,13mm, respectivamente. O índice na represa João Penido foi de 41,07mm.

O nível do Rio Paraibuna estava 1,07m às 10h desse domingo. Ele subiu 0,73m, atingindo 1,8m, volume registrado às 21h. Na manhã dessa segunda-feira, 20, houve recuo, para 1,23m.

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: