Morte de detenta da Pio Canedo ainda é um mistério para os investigadores

A 3ª Delegacia Regional da Polícia Civil de Pará de Minas está investigando a morte da detenta Cíntia Estefane Ferreira de 26 anos. Ela cumpria pena na ala feminina da Penitenciária Pio Canedo.

As primeiras investigações dão conta de que a detenta teria passado mal durante a madrugada do dia 15. O socorro teria sido imediato, ela foi encaminhada ao PA – Pronto Atendimento – para cuidados médicos, mas acabou falecendo.

Todos os funcionários da penitenciária que estavam de plantão no dia e as detentas que dividiam a cela com a jovem estão sendo ouvidos como explica o delegado Douglas Valério de Barcelos, responsável pela Delegacia de Homicídios e Crimes Contra a Vida da Regional de Pará de Minas:

Clique e ouça o Delegado Douglas Barcelos

Passado-se quase 15 dias da morte da detenta um fato causa estranheza. Até o momento nenhum familiar da jovem procurou a Delegacia para buscar ou ajudar com informações como relata o delegado Douglas Barcelos:

Clique e ouça o Delegado Douglas Barcelos

Estefane Cíntia era natural da cidade de Araújos e cumpria pena em Pará de Minas por homicídio. O delegado explica que estão sendo aguardados os resultados de mais exames para que se aponte a causa da morte.

Postado originalmente por: Espacial FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: