Quatro são presos por furto e receptação de combustível em Pará de Minas

Quatro pessoas foram presas na madrugada dessa quarta-feira (14), em Pará de Minas, por furto e receptação de combustível. A prisão dos autores ocorreu em uma empresa na Avenida Vereador Ronaldo de Castro Alves, no bairro Providência.

A Polícia chegou até os indivíduos após receber denúncias anônimas de que estava ocorrendo furto de combustíveis em carretas estacionadas no local indicado.

Militares da 19ª Companhia foram até a empresa, fizeram contato com o vigia, que permitiu a vistoria no imóvel, encontrando atrás do escritório, 10 galões de 50 litros de combustível. O funcionário inicialmente alegou que trabalha a dois meses na empresa e que seria comum a retirada de parte do combustível das carretas que ficam estacionadas no local, para diminuir o seu peso e ficar mais fácil a condução pelos motoristas em trajetos curtos dentro da cidade.

Porém, dois motoristas de carretas que estavam estacionadas no pátio da empresa, admitiram que retiraram 250 litros de combustíveis, cada um, dos veículos conduzidos por eles, com o objetivo de repassaram para um receptador de 40 anos.

Os militares também constataram que uma das carretas, carregadas de óleo diesel, estava estacionada com a traseira voltada para o interior de uma coberta, onde há o tanque de combustível dos veículos da empresa, sendo constatado que estava sendo retirado combustível da carreta e sendo passado para o tanque.

A PM constatou o crime de furto, uma vez que o combustível pertence à empresa proprietária do veículo, assim como das outras duas carretas. O receptador, um ex-funcionário da empresa, foi localizado pelos militares e admitiu que comprava o combustível dos motoristas por R$ 1,50, o litro, e revendia no mercado clandestino, por R$1,80.

Ele também confirmou que a transferência do óleo diesel, da carreta para o tanque da empresa era uma prática antiga e constante, da qual ele sempre teve conhecimento. O receptador revelou também que um funcionário da empresa, de 29 anos, o conhece e é responsável por todas as transações citadas envolvendo combustível.

O Perito da Polícia Civil esteve no local e realizou os trabalhos de praxe. Diante dos fatos, os dois motoristas, o receptador de 40 anos e o funcionário de 29 anos, foram presos e conduzidos à Delegacia de Polícia, como confirma o delegado regional Carlos Henrique Gomes Bueno:

Clique e ouça Doutor Carlos Henrique

O delegado afirma que o caso está praticamente fechado. Os quatro indivíduos foram encaminhados para a penitenciária Doutor Pio Canedo:

Clique e ouça Doutor Carlos Henrique

Outras pessoas serão ouvidas ainda nos próximos dias antes do encerramento das investigações.

Por Sérgio Viana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: