Adolescente de 15 anos denuncia o próprio pai após anos de abuso sexual em Uberaba

Nessa segunda-feira (16), uma adolescente de 15 anos conseguiu contar para a mãe que era abusada sexualmente desde a infância pelo próprio pai em Uberaba, na região do Triângulo Mineiro.

A jovem procurou a Polícia Militar acompanhada pela mãe e pelas irmãs. A menina contou que não quis entregar o pai com medo de magoá-lo.

A mãe da adolescente entrou com um processo de divórcio há três meses. Sendo assim, quando saía para trabalhar levava os filhos menores, uma menina de dois anos e um menino de três anos, para a creche e deixava as duas jovens, a vítima de 15 e sua irmã de 13, na casa da família.

Logo, o homem começou a dividir suas noites entre a casa da ex-mulher e o imóvel onde vive com a mãe. Além disso, durante as manhãs, quando as meninas estavam no local, o suspeito passou a estar sempre na residência.

O suspeito ainda insistia para ficar na casa durante a ausência da mãe das garotas. A ação do homem levantou suspeita da mulher, além dela perceber que sua filha de 15 anos apresentava um comportamento estranho.

No entanto, a desconfiança aumentou quando a enteada, de 24 anos, afirmou que foi abusada pelo pai desde que tinha 8 anos.

Na semana passada, a adolescente foi estuprada pela última vez antes de denunciar o pai. Mesmo constrangida e com medo de magoar o suspeito e a própria mãe, a menina decidiu contar às irmãs paternas sobre a violência.

Ainda conforme a garota, os abusos começaram quando ela era pequena. Ela disse que ia até o pai para pedir sua benção e, em seguida, era agarrada pelo homem.

Além disso, a jovem informou que enviou uma mensagem para o pai dizendo que iria contar para a mãe sobre os estupros. O homem então ameaçou a filha afirmando que ela seria a culpada por destruir a vida dela, já que ele seria preso.

A conversa entre pai e filha está registrada e arquivada no celular tanto da vítima quanto das irmãs dela. A irmã da vítima, de 13 anos, também foi abusada sexualmente pelo pai.

De acordo com a Polícia Civil, foi instaurado um inquérito para apurar o caso. Já as investigações estão a cargo da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Uberaba.

O suspeito de 47 anos está desaparecido, mas a PM procura pelo homem.

(com supervisão de Patrícia Marques)

Anexos para downloads:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: