Energia solar: GDSolar vai investir R$ 305 milhões em Minas Gerais até o fim de 2021

A empresa vai investir R$ 105 milhões em 11 usinas no Triângulo Mineiro até o março do próximo ano

Na última semana, a empresa paulista GDSolar anunciou que vai investir mais de R$ 300 milhões em Minas Gerais até 2021. Sendo que R$ 105 milhões serão destinados a 11 novas usinas fotovoltaicas no Triângulo Mineiro.

O CEO da empresa, Alexandre Gomes, afirmou que a GDSolar já tinha investido R$ 176 milhões em sete usinas na região Norte, com geração de 31 MW e até o fim do primeiro trimestre do ano que vem, vai dobrar essa capacidade, com mais 34 MW.

Já os outros R$ 200 milhões estão previstos para serem investidos até o fim de 2021. A sede da empresa é em São Paulo, mas 40% dos negócios do grupo estão localizados em Minas. Gomes destaca que além de reunir as melhores condições climáticas, o Estado tem uma política de incentivos ao consumo de energia solar.

Conforme a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), Minas responde por 19,9% da geração distribuída do país. O secretário-adjunto de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, informou que Minas é o único Estado que oferece o mapa de disponibilidade de transmissão de energia, modelo que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) estuda incluir como política nacional.

O secretário ainda disse que a energia solar traz muitas oportunidades de geração de riqueza e empregos, principalmente para áreas mais pobres, como o Norte de Minas. Segundo Passalio só na região há R$ 28 bilhões de negócios de energia solar formalizados e mais de R$ 18 bilhões em negociação.

Desta forma, ao todo, Minas Gerais tem R$ 56,14 bilhões de investimentos fechados ou previstos. Até o fim deste mês, a Solatio Energia Livre vai inaugurar uma usina fotovoltaica em Paracatu, na região Noroeste. O investimento deste negócio chega a R$ 32 milhões.

Nesta região está concentrado R$ 5,7 bilhões de investimentos confirmados e previstos, de acordo com o balanço da Agência de Promoção de Investimentos e Comércio Exterior de Minas Gerais (Indi).

Lembrando que até 2023 a empresa vai investir mais de R$ 21 bilhões em usinas. O CEO da Solatio ressaltou que desse valor, R$ 1 bilhão vai ser destinado à geração distribuída, para atendimento a residências e pequenos estabelecimentos comerciais, e os outros R$ 20 bilhões a usinas de grande porte.

Além de Paracatu, a empresa também vai instalar outras usinas em Mirabela, Pirapora, Janaúba e Manga, todas cidades localizadas no norte do estado.

 

Anexos para downloads:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: