Esqueleto de dois mil anos é encontrado na Rússia com smartphone; veja fotos

Alguns arqueólogos encontraram recentemente um esqueleto de uma mulher com um objeto que parece ser um smartphone com teclas coloridas na região de Tuva, localizada na Rússia.

O esqueleto de dois mil anos foi batizado de Natasha pela equipe do Instituto de História Material e Cultural de São Petersburgo. Os cientistas desconfiavam que o esqueleto fosse de uma sacerdotisa, mas tudo indica que Natasha foi uma designer de couro.

A região onde foi localizado o esqueleto fica debaixo d’água na maior parte do ano e é conhecida como “Atlântida Russa”.

No entanto, o suposto smartphone se trata de uma fivela de um cinto e as pequenas pedras cravadas no objeto têm cerca de 2.140 anos.

Além disso, a área tem recebido atenção dos arqueólogos russos, devido aos achados que remetem à era de Genghis Khan, poderoso, sanguinário conquistador e imperador mongol que viveu entre os séculos XII e XIII.

Vale lembrar que a república de Tuva é uma divisão federal da Federação Russa e possui cerca de 300 mil moradores. A capital é Quizil.

Veja fotos: 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

(com supervisão de Patrícia Marques)

Anexos para downloads:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: