Médica é intimada após excluir uma moradora do grupo de WhatsApp de Ressaquinha

Na próxima terça-feira (5), uma agente de saúde vai prestar esclarecimentos no gabinete da Promotoria de Justiça de Barbacena, após ter excluído uma moradora da comunidade de Ressaquinha, na região da Zona da Mata, de um grupo no WhatsApp.

O caso teria iniciado depois que uma paciente registrou um vídeo, onde a médica da região se recusa a atendê-la. Em seguida, a gravação circulou pelas redes sociais, causando a retirada da moradora do grupo criado para informações sobre a saúde pública.

De acordo com o Ministério Público de Minas Gerais, uma denuncia levou a promotoria da região a intimar a agente de saúde para que sejam prestados os esclarecimentos, já que se trata de um grupo público onde são veiculadas informações sobre a saúde do município.

A Promotoria de Justiça também expediu uma notificação para a médica que vai precisar explicar o motivo de ter recusado atendimento médico à moradora.

O MP informou por meio de nota que o procedimento administrativo foi instaurado para assegurar o acesso universal e igualitário às ações e serviços para a promoção, proteção e recuperação da saúde.

 

Anexos para downloads:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: