Para evitar nova punição da Fifa, Cruzeiro terá que desembolsar mais de R$ 14 milhões

O Cruzeiro está há 10 dias sem registrar atletas, visto que foi punido pela Fifa devido a dívida não paga pela compra de Arrascaeta, em 2015. Desta forma, o clube celeste terá que desembolsar um grande valor para evitar que o impedimento se prolongue.

Caso não consiga desembolsar US$ 1,145 milhão, cerca de R$ 6 milhões, para quitar a dívida contraída junto ao Mazatlán, do México, a Raposa sofrerá um novo impedimento de registro de atletas neste mês.

Além disso, o time precisa pagar a dívida com o Atlético-AC pelo empréstimo do atacante Careca, em 2017. O valor pelo atacante nunca utilizado é de cerca de R$ 900 mil.

A Raposa recorreu a condenação, que ocorreu em abril, à Justiça de Minas Gerais para tentar anular os efeitos da decisão. As duas dívidas chegam a R$ 14, 1 milhões, porém o Cruzeiro não tem soluções financeiras.

Com relação a Denilson, o time tenta regularizar a venda do imóvel da Campestre II para obter pouco mais de R$ 13 milhões e quitar a dívida de R$ 5,3 milhões com o Al-Wahda, dos Emirados Árabes, e evitar a punição e o rebaixamento à Série C do Brasileirão.

 

associação de ciclismo

%d blogueiros gostam disto: