Polícia Civil prende vice-prefeito e dois funcionários públicos por suspeita de compra de votos em Perdizes

O vice-prefeito está concorrendo ao cargo de prefeito nas eleições deste ano

Nesta sexta-feira (16), a Polícia Civil prendeu o vice-prefeito e dois funcionários da Prefeitura de Perdizes, na região do Alto Paranaíba por suspeita de crime eleitoral.

A Operação Voto de Cabresto investiga um possível caso de coação de servidores públicos, ou seja, há indícios de que os funcionários estariam sendo obrigados a votar no vice, que está concorrendo ao cargo de prefeito na eleição municipal deste ano.

Além disso, as investigações apontaram que o candidato e seus apoiadores também estariam comprando votos, visto que estava fornecendo materiais de construção para eleitores.

Durante a ação, a PC cumpriu 15 mandados de busca e apreensão. A Prefeitura, a Câmara Municipal e as residências de dois vereadores foram alguns dos endereços alvos da corporação.

Nos locais, os militares apreenderam documentos, dinheiro, aparelhos celulares e computadores. Até o momento, a Prefeitura e a Câmara da cidade não se posicionaram sobre a operação.

 

Anexos para downloads:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: