Robinho aciona Cruzeiro na Justiça do Trabalho e cobra mais de R$ 3 milhões

Meio-campista exige o pagamento de parcelas atrasadas de um acordo firmado em 2020

O Cruzeiro recebeu mais um processo na Justiça do Trabalho. Nessa terça-feira (7), o meia-campista Robinho, que está no Curitiba, acionou a equipe celeste na 9ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte. O valor da causa é superior a R$ 3 milhões.

O jogador solicita o pagamento de parcelas atrasadas de um acordo que foi firmado no início do ano passado na readequação dos salários.

A audiência inicial foi marcada pela juíza Aline Paula Bonna e ocorrerá no dia 27 de julho, às 9h40, por videoconferência.

Vale lembrar que Robinho atuou com a camisa celeste entre 2016 e 2020, quando o Cruzeiro rescindiu contrato com o meia em junho. Entretanto, a rescisão no BID da CBF só saiu em agosto. Pela Raposa, o jogador entrou em campo 177 vezes e marcou 23 gols.

Foto: divulgação/Bruno Haddad/Cruzeiro

 

Série A

%d blogueiros gostam disto: