Uberlândia tem maior pontuação do ICMS Cultural no Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste

Uberlândia recebeu a pontuação de 20,9 e ocupa o primeiro lugar do ranking

O município de Uberlândia permaneceu com a maior pontuação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) Patrimônio Cultural 2022 no Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas Gerais, sendo 20,9 pontos.

Em seguida, Patos de Minas registrou 18,58 pontos, Presidente Olegário apontou 18 pontos e Paracatu apenas 17,9 pontos.

O Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG) divulgou a tabela de pontuação do ICMS no site iepha.mg.gov.br.

As cidades interessadas nos recursos devem construir e colocar em prática, com auxílio da comunidade e do Conselho Municipal de Patrimônio Cultural, uma política de proteção ao patrimônio cultural.

Ao todo, 822 municípios receberam a pontuação. Os técnicos do Iepha analisaram cerca de 4 mil pastas com a documentação enviada pelas cidades.

O Estado informou que a classificação definitiva será encaminhada à Fundação João Pinheiro (FJP) em novembro.

Foto: divulgação/Google Street View

ICMS Patrimônio Cultural

Anexos para downloads:

%d blogueiros gostam disto: