Pedro Cine Fotos
São João del Rei e Região

Área Azul é tema de discussão na Câmara

Por: Gazeta de São João del Rei 31/03/2018 0:03

A Câmara Municipal de São João del-Rei teve três projetos de lei para ser apreciado na sessão ordinária da última terça-feira, 27, mas foi esclarecimento sobre o rotativo da área azul que tomou a maior parte das discussões dos vereadores na casa.

Sessões na Câmara de São João del-Rei ocorrem todas às terças-feiras - Foto: Arquivo Gazeta

Sessões na Câmara de São João del-Rei ocorrem todas às terças-feiras – Foto: Arquivo Gazeta

O vereador Leonardo Henrique de Almeida e Silva, professor Leonardo (PSDB), fez o convite para o diretor e sócio majoritário da empresa responsável pelo rotativo, Nilson Lopes, para esclarecer algumas reclamações frequentes dos usuários do serviço.

Tribuna Livre
Lopes participou da Tribuna Livre da Casa e contra argumentou vários questionamentos feitos pelos vereadores presente na sessão. Entre as perguntas para o sócio majoritário, um balanço nos quase um ano de funcionamento, os valores que arrecada mensalmente, o pagamento da taxa de R$20, a dificuldade de encontrar funcionários do rotativo para pagar o ticket e como funciona a questão da multa.

O diretor informou que o resultado da arrecadação na cidade não é o que a empresa pretendia e que o balanço mensal é muito variável dependendo do número de funcionários que trabalham naquele mês. “Por exemplo, em dezembro tínhamos mais de 30 agentes nas ruas e nossa arrecadação girou em torno de R$250 mil. Mas normalmente nossa equipe de rua é composta por 16 pessoas. Mas do que o número estipulado pelo edital que pedia um agente a cada 100 carros. Se fôssemos seguir essa determinação precisaríamos no máximo de dez pessoas”, afirmou.

Lopes lembrou ainda que o rotativo não pode gerar multa, quem faz isso em São João del-Rei é a guarda municipal. “Quando o agente vê que um motorista estacionou sem adquirir seu rotativo isso é enviado automaticamente para o departamento de trânsito do município. Quem irá gerar a multa desses veículos parados irregularmente são eles não nós. Não temos autorização para isso”, explicou.

Quanto a aquisição de semáforos para serem colocados na cidade após um ano de rotativo, Lopes informou que já estão em contato com a prefeitura para a aquisição do equipamento. “Já estamos comprando, mas, conforme o contrato, ainda temos uns dois meses para instalar os novos semáforos na cidade”, esclareceu.

Outras discussões
Depois de todos os questionamentos respondidos, o presidente da Casa, Igor Sandim (PSDB) deu continuidade à sessão que ainda teve na Tribuna Livre um representante do Damae que falou sobre recursos e água potável da autarquia e representantes de professores estaduais que abordaram a continuação da greve que começou dia 8 de março (veja matéria acima).

Votação
Dos três projetos em pauta apenas um foi apreciado, os outros dois foram retirados da pauta. Os vereadores apreciaram a lei que autoriza abertura de crédito especial para o Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Damae). Apresentada pelo Executivo, a proposta foi aprovada por unanimidade.

Postado originalmente por: Gazeta de São João del Rei

%d blogueiros gostam disto: