Encontro
São João del Rei e Região

Projeto transforma a vida de adolescentes

Por: Gazeta de São João del Rei 02/09/2017 0:03

Um projeto social sempre é caminho para mudanças na vida de várias pessoas. Quando aliado ao esporte e à prática de exercícios, aliás, torna-se um agente social. A Fundação Internacional de Capoeira Artes das Gerais tem esse objetivo e trará com o 6° Festival Nacional de Capoeira (FICAG) capoeiristas de outros estados, contando ainda com a graduação dos alunos do projeto.

Festival de Capoeira realizado ano passado em São João del-Rei - Foto: Divulgação

Festival de Capoeira realizado ano passado em São João del-Rei – Foto: Divulgação

Fornecendo cursos, palestras com os mestres convidados e diferentes experiências, o evento tem como objetivo resgatar uma cultura além do auge do festival, que é a graduação dos alunos. Para o contra-mestre Arizio Haroldo de Souza Júnior, a capoeira pode ser diferencial na vida de uma pessoa. “Em nosso projeto são trabalhadas diversas situações que o aluno pode levar para toda a vida, como disciplina, ética, autoconfiança, coordenação motora e preparação física. Tudo isso além da integração social entre as diferenças”, diz.

Programação
Os 15 anos serão comemorados em três dias. Em 7 de setembro, Dia da Independência, haverá a roda de abertura às 9h no Teatro Municipal, na Av. Hermílio Alves, nº 170, Centro. No dia seguinte, sexta-feira, acontece às 19h o movimento cultural e a Roda Livre no Largo do Carmo.

No sábado, 9 de setembro, tem programação para o dia todo, começando às 8h com o Café da Manhã na APAE.

Às 9h haverá cursos com os mestres convidados na APAE na Avenida Leite de Castro. Já no período vespertino, às 15h, está programada concentração do Festival com as graduações dos alunos do projeto no Teatro Municipal.

Retorno
O projeto está na Cidade dos Sinos há 15 anos e Júnior acredita que os impactos na formação de jovens e adultos tem sido muito grande nesse período. “Nossos antigos alunos, hoje, já são adultos trabalhando coma capoeira, empregados, em cursos superiores e pessoas de bem. É muito gratificante ver que o projeto fez a diferença na vida deles”, comemora Júnior.

Convidados
Aproximadamente 50 mestres renomados foram convidados e estão vindo de Campinas (SP), do Rio de Janeiro(RJ) e, claro, de cidades mineiras como Juiz de Fora, Conselheiro Lafaiete, Belo Horizonte, Barbacena, Itabira, Pompeu e Ponte Nova.

Dentre eles, alguns profissionais ministrarão palestras. De acordo com Júnior, além da troca de conhecimentos, esse momento será, também, de apresentação de seus alunos para a sociedade capoeirista.

Postado originalmente por: Gazeta de São João del Rei

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: