Vacinação antirrábica vai começar hoje, 10

Começa hoje, 10, a Campanha de Vacinação Antirrábica em São João del-Rei. E o mapa de imunizações voltadas a cães e gatos parte da Zona Rural, mais especificamente de 16 comunidades que contarão com 25 agentes de Zoonoses se revezando entre elas em horários específicos.

 Imunização de cães e gatos terá Zona Rural como ponto de partida - Foto: Divulgação

Imunização de cães e gatos terá Zona Rural como ponto de partida – Foto: Divulgação

A meta é vacinar nada menos que 13 mil animais até julho. No próximo mês, aliás, a aplicação das doses ocorrerá também na Zona Urbana. O número, de acordo com o coordenador do setor, Valdisnei Lopes, ultrapassa as metas estipuladas pelo Ministério da Saúde, mas mantém as tendências de proteção registradas em São João del-Rei. “Felizmente, a adesão à campanha é sempre maciça. Exatamente por isso, não há casos registrados de Raiva transmitida a humanos, no município, há muitos anos. Sinal de que estamos no caminho certo e não devemos baixar a guarda”, explica.

Doença
Segundo Lopes, a Raiva é uma doença incurável e “100% mortal” para seres humanos. Daí a necessidade de continuar como alvo de combate intenso. “Embora não haja diagnósticos da patologia há um bom tempo, é errôneo acreditar que já não precisamos lutar contra ela. A nossa conscientização, portanto, parte do princípio de que a doença é causada por um vírus que se aloja no cérebro do paciente e o leva a óbito em no máximo dez dias”, frisa o coordenador de Zoonoses.

Ele acrescenta, ainda, que os principais transmissores de Raiva a cães e gatos, por exemplo, são os morcegos hematófagos (ou seja, que se alimentam de sangue), muito comuns fora da Zona Urbana. Rebanhos de gado também são alvos dele. Já os seres humanos têm como maior canal de infecção pela patologia o contato com mucosas de bichos doentes. Assim, mordidas, arranhões ou mesmo lambidas em peles feridas ou áreas como boca, narinas e olhos podem levar à transmissão do vírus para o organismo.

Os sintomas da moléstia envolvem mudança brusca de comportamento (incluindo agressividade do animal), além de salivação excessiva e paralisia.

Calendário
A sequência de ações dos agentes de Zoonoses começa às 8h de hoje no Distrito de Bandeirinha. Às 9h15, as vacinas serão aplicadas em Tijuco da Vitória, seguida por Colônia da Vitória, às 10h30 e São Sebastião da Vitória, às 11h40.

Ainda pela manhã, outra equipe vai atuar em Caquende, também a partir de 8h. Pouco depois, às 10h, haverá imunização de animais em Engenho de Serra, enquanto às 11h30 a vacinação será na comunidade de Cruzeiro da Barra e às 13h em Samambaia.

Entre 8h e 12h, doses serão aplicadas de forma revezada em Valo Novo, Capela do Chaves, Vendinha e Arcângelo. Em intervalo bem semelhante, entre 8h e 13h30, outros agentes passarão pelos distritos do Elvas, Montevidio, Emboabas e Morro Grande.

Recomendações
O Setor de Zoonoses orienta que proprietários de animais os conduzam aos pontos de vacinação em coleiras e, se possível, com focinheira. Outra solicitação é de que bichos de grande porte não sejam encaminhados à imunização por crianças. Nesses casos, os agentes vão se recusar a aplicar a vacina. Outras informações podem ser obtidas no (0**32) 3373-0295.

Postado originalmente por: Gazeta de São João del Rei

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: