Vereadores questionam ações da Prefeitura

A reunião ordinária da Câmara Municipal na última terça-feira, 30 de maio, saiu do foco de discussão e votação de projetos de lei. A plenária, na realidade, se tornou uma verdadeira sabatina para o prefeito Nivaldo José de Andrade (PSL), que participou da Tribuna Livre na Casa falando sobre o projeto de subvenção ao Albergue Santo Antônio e à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE).

Nivaldo Andrade falou por quase duas horas na Câmara - Foto: Reprodução TV Campos de Minas

Nivaldo Andrade falou por quase duas horas na Câmara – Foto: Reprodução TV Campos de Minas

Logo após expor a importância da lei para as instituições, Andrade disse estar aberto para os questionamentos dos vereadores. Entre felicitações pelo trabalho desenvolvido até o momento e indagações sobre saúde básica; esgoto; lixo; Minha Casa, Minha Vida e estacionamento rotativo, a fala do prefeito foi finalizada por volta das 18h. Só nesse momento começou a apreciação dos seis projetos em pauta.

Posicionamentos
Todos os vereadores deram pareceres e posicionamentos sobre a atuação de Andrade no Executivo Municipal. Alguns, porém, foram mais enfáticos em suas colocações. Rodrigo Deusdedit (PDT) abordou a canalização do Córrego da Galinha, o Posto de Saúde do Bairro Fábricas, a entrega de kits escolares e o poço artesiano do IAPI. Os PSFs também foram pautados por Francisco Eduardo César de Paula (REDE), que quis saber como estava a implantação das cinco unidades prometidas durante a campanha, além da canalização no Córrego do Recreio das Alterosas, UPA e esgoto do Residencial Risoleta Neves.

Já Stefânio Pires (PSL) falou sobre os problemas detectados no Núcleo de Ortopedia e Fisioterapia da cidade, abordando ainda o Estacionamento Rotativo e o Minha Casa, Minha Vida. Mesmo ponto destacado por Lívia Guimarães (PT), que questionou sobre os critérios de divulgação da lista de contemplados no programa e sobre transparência.

Respostas
Entre aplausos e discussões calorosas, o prefeito respondeu a todos com o apoio de seus secretários, que também estavam presentes no plenário. Sobre os kits escolares, Andrade informou que seriam todos entregues ainda nesta semana. Quanto à canalização dos córregos, o prefeito alegou que parte será realizada com recursos da Prefeitura, buscando verbas governamentais para o restante.

Já os PSFs estão em fase de implantação e os núcleos de saúde já estão adquirindo equipamentos para sanar problemas.

Moradia
Os 300 apartamentos que serão entregues pelo Minha Casa, Minha Vida também geraram discussões. Lívia afirmou que o município tirou pessoas indevidamente da lista de beneficiados, o que foi contra-argumentado por Andrade. Segundo ele, a Caixa Econômica fez essas mudanças. A vereadora retrucou dizendo que o banco alega o contrário, e joga a responsabilidade sobre a Prefeitura.

“Um atira para o outro enquanto as pessoas ficam nessa ansiedade sem saber se vão ou não receber as chaves dos apartamentos”, disse.

Andrade finalizou dizendo que, até a próxima semana, terá um posicionamento mais concreto da Caixa e poderá informar com maior precisão quem receberá o imóvel e quando isso irá acontecer.

Postado originalmente por: Gazeta de São João del Rei

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: