3ª edição do Sarau da ALAA reúne diversos araguarinos do meio artístico e cultural

Da Redação

A entrada é gratuita e o evento acontece na sexta-feira a partir das 20h

A Academia de Letras e Artes de Araguari (ALAA), em parceria com a Fundação Araguarina de Educação e Cultura (Faec) e Casa da Cultura Abdala Mameri, realiza, nessa sexta-feira, 26, o Sarau ALAA “Encontro com Letras e Artes”.

De acordo com Edmar César Alves, presidente da ALAA, esse é a terceira edição do evento promovido anualmente. “É um momento que reúne apresentações de música, declamações de poesias e dança. Ele acontece sempre no mês de maio, que é o mês do pintor e o mês das mães, então, é uma ocasião apropriada para a apresentação de trabalhos dos nossos artistas plásticos e também aproveitamos para homenagear um acadêmico e/ou uma mãe”.

Primeiro sarau da ALAA foi realizado em 2015

Primeiro sarau da ALAA foi realizado em 2015

 

Esse ano, o evento homenageará Célida Peixoto Mameri, esposa do fundador da Academia de Letras e Artes de Araguari, o senhor Abdala Mameri; e o acadêmico Jheovah Bitencourt, que foi um dos fundadores da ALAA. Foi escritor, declamador e radialista na rádio Planalto e na Tupi, do Rio de Janeiro. Durante sua vida escreveu três livros, sendo um deles o “Vozes do Coração”.

Também haverá a apresentação de um documentário em vídeo, homenageando os artistas plásticos Júlio Monteiro, Terezinha Reis, Amariles Nascimento, Eurípedes Napolião, Jeanete Scalia, Fátima Correa e Frederico Ozanam.

Após as homenagens, o evento contará com apresentações musicais e declamações de poemas: Fernanda Montes Reis interpretará a música “A noite do meu bem”, de Dolores Duran; Isadora Jrege declamará poemas de Mário Quintana; Roberta Rodrigues Reis interpretará a música “Trem Bala”; seguida pela declamação do poema “Los Hermanos”, de Athaualpa Yupanqui, por Amariles Nascimento.

A noite de apresentações segue com a declamação de poemas por Honor Machado; apresentação musical nas vozes de Andréia Floriano Alves e Júlio Cesar Alves, acompanhados por Ana Paulo Oliveira Brito ao piano; a jornalista e acadêmica, Leda Pinho, realizará uma apresentação de tango; seguida por uma apresentação de trombone com o maestro João Batista da Silva e Eurípedes Napolião no acordeom; para finalizar, o tenente Geraldo apresentará peças no violino, acompanhado por Eurípedes Napolião no acordeom e Elzo Ferreira Carneiro no violão.

O evento é gratuito e acontece na sexta-feira, a partir das 20h, na Casa da Cultura “Abdala Mameri”, localizada na rua Coronel José Ferreira Alves, 1.098, Centro. “O sarau é uma tradição da ALAA, com o objetivo de fazer a apresentação de nossos acadêmicos, cada um dentro de seu segmento, mantendo o espírito literário cultural do nosso fundador, Abdala Mameri. Convidamos toda a população araguarina a prestigiar o evento”.

Os saraus se tornaram comuns no século XIX e estão sendo redescobertos por seu caráter de inovação, descontração e satisfação. É uma reunião festiva que ocorre à tarde ou no início da noite. Atualmente, o termo é usado principalmente para denominar eventos artístico-literários.

Sobre a ALAA

Fundada em agosto de 1968 por Abdala Mameri, que a presidiu durante 30 anos, a ALAA visa o incentivo as Letras e Artes em qualquer modalidade através de palestras, conferências, manifestações culturais e artísticas  como: exposição de livros, jornais, fotografias, pinturas, saraus e o que mais representar manifestação cultural e artística. Entre as atividades desenvolvidas pela academia estão o “Concurso Nacional de Contos e Poesias Abdala Mameri”.

Postado originalmente por: Gazeta do Triângulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: