Empresas começam intervenções no Corredor Turístico

Da Redação

Sinalização de acesso a pontos turísticos é colocada nas principais avenidas

Por meio de parcerias público-privadas o projeto do Corredor Turístico começa a tomar forma. O lançamento oficial ocorreu no dia cinco de julho, sendo apresentado para os empresários e autoridades locais. O Corredor Turístico inclui a revitalização de oito pontos de ônibus, quatro rotatórias, 35 canteiros e quatro portais de entrada.

Obras de irrigação automática começaram

Obras de irrigação automática começaram

 

A empresa Soier Madeiras adotou um dos portais, que está sendo instalado na entrada da avenida Teodoreto Veloso de Carvalho com a BR-050. “Além desse, serão três outros: na entrada das ruas Joaquim Barbosa, Vereador Geraldo Teodoro e na avenida Senador Melo Viana”, afirma o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Juberson dos Santos Melo.

A estrutura de madeira está montada, com 12 metros de largura por 7 de altura e terá iluminação a LED. Segundo Melo, a colocação da lona depende de definições da prefeitura que serão determinadas hoje em reunião. “Não colocamos a lona, pois não temos a mensagem de entrada que vai receber os turistas. Estamos estudando a possibilidade de realizar um concurso nas escolas para escolher a frase”.

Além disso, placas que sinalizam pontos importantes da cidade estão sendo instaladas nas avenidas principais. “Por enquanto paramos o serviço de colocação das placas, mas logo isso será retomado”, disse. O restante das empresas que demonstraram interesse em adotar canteiros estão aguardando publicação no Diário Oficial para começar as intervenções. “Nessa semana deve ser publicado”, diz.

Após a instalação de lâmpadas de LED na avenida Mato Grosso, uma intervenção começou a ser realizada na rotatória em frente ao Terminal Rodoviário Tancredo Neves. No local, adotado pela empresa Total Serv, está sendo implantado um sistema de irrigação automático, além de um projeto de paisagismo. “A prefeitura baixou a linha de água e irrigação para viabilizar o projeto”, afirma Melo.

O Corredor Turístico

O Corredor Turístico deverá ser executado ao longo de todo o mandato, obedecendo ao projeto elaborado, que foi dividido em cinco etapas. A primeira etapa, já em implantação, se refere à intervenção na parte central dos canteiros e à instalação de iluminação de LED ao longo de todo o Corredor Turístico. Na segunda etapa, será realizado o redirecionamento dos canteiros centrais e estacionamentos. A terceira etapa envolverá licitações de espaços estratégicos para serem comercializados; na quarta, instalação de lombadas eletrônicas para o controle de velocidade; e na quinta e última etapa, está prevista a revitalização do trecho entre o Terminal Rodoviário Tancredo Neves e a BR-050. Segundo Melo, o investimento para construção do corredor é de mais de R$ 2 milhões. “A participação do município não vai chegar a 10% desse volume”.

Conforme o secretário de Desenvolvimento, os canteiros adotados pelas empresas serão para a prática de esportes. “Esses espaços servirão única e exclusivamente no sentido de entregar para a cidade um equipamento esportivo: pista de caminhada e ciclovia”, Segundo ele, a manutenção dos canteiros continuará a ser de responsabilidade da prefeitura. “Com as intervenções, a poda e limpeza da grama devem reduzir em 1/3 os custos para o município”, estima.

Postado originalmente por: Gazeta do Triângulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: