Festival Sabor Cultural tem programação especial de Dia dos Namorados

Da Redação

Programação acontece nessa sexta-feira e sábado na praça Getúlio Vargas

Quem esteve na praça Getúlio Vargas ontem, 8, à tarde pode ver a estrutura montada para receber a edição de junho do Festival Sabor Cultural – Gastronomia, Arte e Cultura. O evento, promovido pela prefeitura, através da Fundação Araguarina de Educação e Cultura (Faec) tem como parceira a secretaria de Gabinete e deve custar R$ 3 mil aos cofres públicos.

Estrutura da feira foi cedida pela secretaria de Gabinete

Estrutura da feira foi cedida pela secretaria de Gabinete

 

A edição especial de Dia dos Namorados acontece em duas datas: hoje, das 18 às 23h; e no sábado, 10, das 16 às 23h. Como nas edições anteriores, o evento conta com apoio da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

Segundo Jean Carlos Laverdi, presidente da Fundação, o investimento dessa edição vem da secretaria de Gabinete. “Nessa edição estamos usando a verba da secretaria de Gabinete, pois o pregão não saiu ainda. Então as barracas foram cedidas pelo Gabinete, que possuía dotação para isso”, afirma.

Durante os dois dias, quem passar pelo local terá acesso a uma feira de artesanato com peças de 30 artesãos. Peças feitas em madeira, produtos esotéricos, joias, bonecas de crochê, tapetes, bolsas e artigos de decoração em geral estarão à venda no local. Na ocasião, a Casa do Artesão também estará aberta para visitação.

O espaço gastronômico, por sua vez, contará com 18 stands, onde serão servidos alimentos como esfihas, bolos, espetinhos, massas, comida japonesa, bebidas, sucos especiais, produzidos por entidades como a APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Araguari), a Comunidade São Vicente de Paulo, além do Abrigo Cristo Rei, Grupo Semente Esperança, Aldeia Casas Lares ‘Monte Sião’ e outros.

Laverdi afirma que são esperadas em média 3 mil pessoas nos dois dias do evento. O Festival acontece no segundo final de semana do mês, e o próximo  está sendo planejado. “Queremos fazer um julhinão, e estamos buscando empresas parceiras para tornar isso possível”, afirma o presidente da Faec.

Conforme relatou à Gazeta do Triângulo, artistas da cidade também irão se apresentar no palco livre. “Quem quiser se inscrever pode procurar a Faec ou ir no dia do evento”. O convite é aberto para os artesãos e interessados em mostrar o trabalho gastronômico. “O ideal é que as inscrições sejam feitas pessoalmente na Faec, para que possam participar no mês que vem”, afirma.

Quanto ao cachê, Laverd disse que ainda não é possível remunerar os artistas pela apresentação. “Nossa intenção é que até agosto tenhamos essa disponibilidade financeira”. Segundo ele, os artistas que fizeram seus shows nos eventos anteriores tiveram boa visibilidade. “O pessoal está satisfeito em mostram seu trabalho. Alguns falam que depois de se apresentar no Festival, tiveram propostas de contratação, e é isso que a gente quer, fomentar o seguimento artístico”.

Ele conta que a iniciativa surgiu a partir da necessidade de valorizar os artesãos araguarinos e dar espaço para quem produz alimentos de qualidade. Para a presidente Associação dos Produtores e Artesãos de Araguari – APCAR, Sandra Inês, o Festival tem um retorno positivo para a associação. “A cada edição da feira está melhorando a quantidade de vendas e de encomendas. Financeiramente ainda está longe do ideal, mas a iniciativa como um todo é positiva”.

Postado originalmente por: Gazeta do Triângulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: