Obras seguem cronograma previsto, afirma comandante do Corpo de Bombeiros

Da Redação

Orçada em RS 6 milhões, a construção da futura sede da 3ª Companhia de Bombeiros Militar de Araguari, segue em ritmo acelerado. A equipe está concluindo o processo de terraplanagem e ainda neste mês de junho, dará início à próxima fase que consiste na execução da fundação do prédio que abrigará a corporação.

A obra será dividida em três fases, sendo que nesta primeira etapa serão gastos cerca de R$ 2,5 milhões. De acordo com o comandante da 3ª Companhia, capitão Fabrício Silva Araújo, a expectativa é de que seja concluída em no máximo três anos. “Estamos acompanhando de perto o andamento das obras e esperamos que em breve possamos ocupar o nosso novo endereço com a parte administrativa e operacional.  Este projeto atende aos anseios da corporação e está a nível do que Araguari e região precisam,” afirmou.

A equipe está concluindo o processo de terraplanagem no terreno que abrigará o comando

A equipe está concluindo o processo de terraplanagem no terreno que abrigará o comando

 

A unidade está sendo construída em um terreno de três mil metros quadrados, na avenida Santos Dumont, bairro Aeroporto. Além do setor administrativo com um amplo estacionamento para recepcionar o público, a sede contará com um complexo que inclui piscina para treinamento, pista para corridas, sala de instruções, suportes para atividades de combate a incêndio e local para manutenção de viaturas.

Para o comandante, a obra beneficiará não só a corporação, mas também a população que terá uma resposta mais rápida e efetiva. “Essa estrutura atenderá toda a demanda de Araguari, como também das demais cidades da região, assim, estamos buscando dar um atendimento pontual e preciso para a população e acredito que por meio deste espaço amplo teremos condições de promover ações que estimulem a interação entre o Corpo de Bombeiros e a comunidade,” ressaltou.

A 3ª Companhia de Bombeiros é responsável por vinte e dois municípios, dos quais onze são diretos, subordinados ao sistema operacional de Araguari e onze indiretos, com operações feitas na unidade de Ituiutaba, subordinada a Araguari.

O Corpo de Bombeiros funciona junto com a Polícia Militar, desde a década de 1970. Há aproximadamente três anos, a intenção era transferir a unidade para o antigo prédio do Pronto-Socorro, mas devido a questões legais não foi possível.

Postado originalmente por: Gazeta do Triângulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: