Agricultura familiar é destaque no município de Extrema

60% dos produtos da alimentação escolar municipal vem da agricultura familiar

A agricultura familiar do município de Extrema, localizado na região Sul de Minas, vem ganhando cada vez mais destaque. Isso ocorreu devido a registros do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), que divulgou que cerca de 60% dos recursos destinados ao programa de alimentação escolar são de origem da agricultura familiar.

O Pnae estabelece que 30% do valor repassado para estados e municípios pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), seja utilizado para compra de alimentos produzidos pela agricultura familiar.

Em uma visita de assessoria e monitoramento na cidade do Sul de Minas, representantes do Centro Colaborador em Alimentação e Nutrição Escolar, do Instituto Federal do Sul de Minas Gerais (Cecane/IFSULMINAS), avaliaram com gestão positiva o trabalho apresentado pelo município.

Neste ano, os contratos assinados com 27 agricultores que forneceram alimentos para as escolas municipais custaram um valor de R$ 821.719,43.  Entres os produtos comercializados estão, hortaliças, batata, cebola, feijão, banana, maracujá e couve-flor.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: