Alpinista morre após cair de altura de mais de 100 metros

A queda ocorreu quando ele descia o Sendero Luminoso 

Brad Gobright um alpinista experiente de 31 anos, morreu após cair de uma altura de 180 metros, quando descia o Sendero Luminoso, no México, na última quinta-feira (27).

Na noite anterior ao acidente, Brad postou em seu Instagram um convite para algum alpinista interessado em acompanha-lo. Aiden Jacobson de 26 anos, se apresentou para acompanhar o experiente alpinista na escalada.

Segundo reportagem do Outside, dupla teria usado uma corda de 80 metros para descer a montanha, porém esqueceram de nós que seriam essenciais para a escalada. Os dois acabaram caindo em função disso. Brad caiu e veio a óbito, já Aiden teve sua queda interrompida por arbustos e teve apenas ferimentos no tornozelo.

Nessa técnica de escalada os alpinistas usam as extremidades das cordas, porém o uso de nós é necessário para que dê certo. Eles também não equilibraram a medida da corda para os lados. Por não ter nó, quando ela chegou ao fim escapou do dispositivo de rapel e os dois caíram.

Brad Gobright em 2017 bateu o recorde de menor tempo para escalada desafiadora rota Nose, em El Capitain.

Anexos para downloads:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: