Chega a segundo dia a greve de servidores estaduais da Saúde em Zona da Mata e Campo da Vertentes

Serviços do Hemominas e de hospitais veiculados a Fhemig ainda funcionam com redução de atendimentos

Nesta sexta-feira (8), a greve dos servidores estaduais de Saúde de Minas Gerais, em cidades da Zona da Mata e do Campo das Vertentes chegou ao segundo dia seguido. Na cidade de Juiz de Fora, na Zona da Mata, o Hemominas e o Hospital Doutor João Penido, funcionam com cerca de 30% dos atendimentos.

Após realização de uma reunião, na última quinta-feira (7), em Belo Horizonte, entre os representantes de servidores da Saúde com o secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Otto Levy, foi decidido que as atividades seguiriam suspensas.

Em nota o Hemominas de Juiz de Fora, informou que a paralisação por parte de 20% dos servidores não impactou nos atendimentos realizados na última quinta-feira. O Hemonúcleo de São João del-Rei está fechado desde segunda-feira (4), em função de obras.

A assessoria de comunicação da Fhemig, informou que 30% dos serviços seguem com funcionamento normal. Os hospitais vinculados a instituição nas regiões são, Casa de Saúde Padre Damião, em Ubá, Centro Hospitalar Psiquiátrico, de Barbacena, Hospital Regional João Penido, em Juiz de Fora e Hospital Regional de Barbacena Dr. José Américo.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: