Ex-presidente da Câmara presta depoimento em Nova Serrana

Ao todo seis vereadores estão sendo investigados

Na última quarta-feira (1°), o ex-presidente da Câmara da cidade de Nova Serrana, na região Centro-Oeste do estado, Osmar Santos, prestou um depoimento sobre as denúncias pelas quais ele responde. Ele e mais cinco vereadores estão sendo investigados pela Operação Kobold.

Assim como na primeira reunião, o denunciado se defendeu e acusou o relator da comissão, o vereador Geovane Máximo (PSD). Segundo o ex-presidente o relator teria cometido atos irregulares durante o mandato.

A Operação Kobold que foi deflagrada em 2019 é responsável por investigar casos de funcionários fantasmas. Uma das denúncias pela qual Osmar Santos responde é de um possível funcionário fantasma que ele tinha durante seu mandato.

Ele ainda responde por outra denúncia, essa é sobre à contratação irregular de um cartão de crédito para uso pessoal. O cartão tinha valor de R$ 10 mil e estava em nome da Câmara Municipal.

Anexos para downloads:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: