Fortes chuvas que atingiram Minas Gerais deixam estragos pelo estado

Copasa e Cemig estão oferecendo auxílios para os atingidos em cidades em situação de calamidade

As fortes chuvas que atingem o estado deixaram estragos enormes por onde passaram. Diversas pessoas perderam suas casas e 25% dos municípios mineiros já declararam situação de emergência.

Nesse momento, a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) e a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) se unem para apontar as medidas que os atingidos podem adotar e esclarecer dúvidas a respeito da situação.

As duas companhias vão disponibilizar auxílios e descontos para todos os que foram atingidos pelas chuvas e estão nas cidades com situação e calamidade declarada. Moradores que recebam as faturas da Copasa em condições sociais terão desconto por quatro meses e para os que recebem em condições comerciais, o desconto vai durar por dois meses. Já para os que recebem tarifas da Cemig, aqueles que foram atingidos pela chuva e sejam considerados de baixa renda terão condições especiais de negociação.

Guilherme Frasson, diretor de operação da Copasa, explicou como o órgão vai ajudar os atingidos em cidades com situação de calamidade ou emergência.  “Aqueles clientes que estão efetivamente com problemas, sofreram pelas enchentes. Vai ter a sua fatura suspensa e quem hoje está gozando do benefício da tarifa social, ainda terá mais três tarifas isentas”, esclarece.

O analista de tarifas da Cemig, Yuri Ribeiro, informou que devido ao sistema de bandeiras ser nacional, mesmo com o aumento das águas nas usinas, os mineiros não devem ter baixa no preço das tarifas. “A gente vem de um período muito ruim de chuvas, com hidrologia muito ruim nos últimos anos. Então os níveis dos reservatórios, ainda não estão no nível adequado. Então assim, ainda há uma necessidade maior de chuvas”. explica.

Anexos para downloads:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: