Mais de 200 candidatos no estado estão em lista suja dos tribunais de contas

Até o momento, mais de 150 casos já foram julgados

Em Minas Gerais, 219 políticos que estão se candidatando nessas eleições seja como prefeito, vice ou vereador, tiveram suas candidaturas reprovadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) ou pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-MG). As irregularidades foram levantadas no período dos últimos oito anos, ou seja, desde 2012.

O trabalho da Justiça Eleitoral se baseia em identificar esses casos e barrar ou não os registros seguindo a Lei da Ficha Limpa. Porém, é necessário destacar que o candidato que está nesta lista pode não ter cometido uma infração grave, pois existem registros de casos que são leves e sanáveis.

Um exemplo disso é que dos 159 casos que foram julgados, mais de 120 já foram acatados e apenas 35 indeferidos pelo TRE. Desses, alguns ainda são passíveis de recurso por parte do candidato.

Anexos para downloads:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: