Pedido de cassação de seis vereadores em Nova Serrana vai a plenário

Parlamentares são suspeitos de desviar R$ 260 mil

Na última terça-feira (17), ocorreu na Câmara de Vereadores de Nova Serrana o processo de cassação de seis vereadores que estão afastados. Ficou decidido que o processo de cassação dos legisladores deve seguir para plenário.

Os vereadores que estão sendo investigados, são suspeitos de ter desviado um valor de R$ 260 mil com contratações de funcionários fantasmas e outras improbidades financeiras.

Após se tornarem alvo de uma operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), a Justiça determinou o afastamentos dos políticos do poder Legislativo.

O parecer da comissão foi levado ao plenário e a votação terminou empatada. Foram seis votos favoráveis ao arquivamento do processo e outros seis contra. Com essa igualdade o presidente da Câmara, Ricardo Tobias (PSDB), ficou responsável pelo desempate e votou contra o arquivamento.

Anexos para downloads:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: