Cruzeiro poderá ter até 32 jogadores no elenco; Wagner quer voltar

Cerca de 20 dias depois de projetar um elenco com 28 a 30 jogadores, o diretor de futebol do Cruzeiro, Ricardo Drubscky, já admite que o grupo poderá alcançar o número de 32 atletas em 2020. Em entrevista ao Superesportes/Estado de Minas, o executivo revelou que, após conversas com o técnico Enderson Moreira e os caminhos projetados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para o reinício do calendário, o planejamento passou por essa pequena readequação.

Drubscky também lembrou que o futebol será reiniciado com uma novidade nas regras, o que, na análise do dirigente, mudará o “perfil tático” das partidas. A CBF decidiu que permitirá cinco substituições por jogo durante suas competições para proteger a condição física de jogadores em meio à pandemia de coronavírus.

“Terão cinco substituições, o que vai mudar o perfil tático dos jogos. Não está fugindo da conta inicial, de 28 a 30 (jogadores), mas também não vai extrapolar, talvez a gente vá sair um pouco, para 32 jogadores, é algo que nos interessa para atender essas dificuldades”, projetou Drubscky.

Wagner

Sem clube desde que deixou o Al-Khor, do Catar, em janeiro, o meia Wagner se ofereceu para retornar ao Cruzeiro. Em entrevista ao programa Bastidores, da Rádio Itatiaia, o jogador de 35 anos manifestou o interesse de defender a Raposa em 2020, independentemente de questões financeiras.

“Se eu tiver que me adequar em questões financeiras para ajudar o Cruzeiro… por mim, se quiser me dar R$ 5 mil, R$ 10 mil, R$ 15 mil… se quiser me dar R$ 1 mil eu aceito. Eu só quero ajudar e retribuir o que o Cruzeiro já fez por mim. A questão financeira não é empecilho nenhum na minha vida para retornar ao Cruzeiro. Basta o Cruzeiro realmente querer”.

Superesportes

Postado originalmente por: Manhuaçu News

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: