Manhuaçu: Após mais duas mortes é intensificada fiscalização do distanciamento social

Mesmo após a publicação do Decreto 405, que prevê restrições mais duras quanto ao funcionamento do comércio, muitas pessoas continuam nas ruas. Estabelecimentos não autorizados, que ainda insistam em funcionar, estão sendo notificados e, se reincidentes, serão autuados e multados.

O principal objetivo da medida é conter o avanço do vírus, que a cada dia aumenta ainda mais em meio à população. Para se ter uma ideia, em 10 de maio, quando a Prefeitura de Manhuaçu aderiu ao Programa “Minas Consciente”, o município contabilizava 224 casos suspeitos, nove confirmados, apenas um óbito confirmado e outro sendo investigado. Outros 100 casos haviam sido descartados.

Já no Hospital César Leite havia sete pacientes internados na Unidade Covid, cinco na UTI, dois na enfermaria e apenas um deles havia testado positivo. As mortes na região eram três.

Atualmente, de acordo com boletim divulgado na de domingo (28), pela Secretária Municipal de Saúde, os números chegavam aos 180 casos confirmados. Destes, 110 se recuperaram, 64 estão sendo investigados e sete pessoas haviam morrido, incluindo o óbito do morador do bairro Lajinha, que ocorreu na manhã do dia 28 de junho, e outro desta segunda-feira (29).

No César Leite, 19 pacientes estavam internados. Treze deles estão na enfermaria e seis na UTI. Deste total, 16 pacientes testaram positivo. Os óbitos chagaram a 10.

Diante deste cenário, os fiscais percorrem todo o município orientando as pessoas quanto à importância de obedecer às medidas de distanciamento e seguir os protocolos de saúde.

As ações acontecem durante o dia e a noite na cidade e nos distritos de Manhuaçu.

Secretaria de Comunicação Social – Prefeitura de Manhuaçu

Postado originalmente por: Manhuaçu News

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: