Profissionais de enfermagem pedem aprovação de PL com salários mais justos

Com o objetivo de pressionar os parlamentares, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem de todo o Brasil realizaram manifestação nesta quarta-feira (30), para pedir a aprovação do Projeto de Lei 2.564, de 2020, que institui o piso salarial nacional e estabelece carga horária de 30 horas semanais para a categoria. A proposta tramita no Senado Federal. Em Manhuaçu, a categoria reuniu em frente ao Hospital Municipal, Hospital Cesar Leite e nas demais Unidades de Saúde, numa demonstração de união e, que estão dispostos a lutar para que haja a sensibilidade dos Senadores e Deputados na aprovação do projeto e, assim, fixar o piso salarial como forma de valorização daqueles trabalhadores e trabalhadoras, que não medem esforços para salvar vidas, por isso, contou com integral apoio do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (SINTRAM).

Os profissionais reivindicam a aprovação do projeto, que prevê carga horária de 30 horas semanais e piso salarial de R$ 7.315 para enfermeiros, R$ 5.120 para técnicos e R$ 3.657 para auxiliares.

Sintram Piso (2)

Sintram Piso (4)

Para a representante do SINTRAM na área da saúde, a Técnica em Enfermagem, Eva Vilma Oliveira, os profissionais lutam há muitos anos pela valorização e um salário digno. Nesse momento em que estamos passando, os profissionais estão desdobrando e exaustos, na linha de frente em uma situação tão desesperadora como a Covid-19. “Merecemos reconhecimento, através de um salário digno Queremos um piso e uma carga horária regulada para que termine essa desigualdade entre nossa categoria. Por isso pedimos a aprovação dessa PL. Visto que mais uma vez, acontecendo também nessa pandemia mostramos que não se faz saúde sem o serviço da enfermagem. ”, disse.

Sintram Piso (5)

Já para o presidente do SINTRAM, Márcio Silva Correa, a participação dos profissionais da enfermagem de Manhuaçu, representa a união da categoria em busca de melhores condições de trabalho, renda e valorização. “ Gostaria de parabenizar aos participantes, agradecer o apoio de todos e dizer que estamos na luta, para fortalecer a mobilização em defesa do PL 2564, que fixa o piso salarial dos profissionais da enfermagem. Agradeço o empenho da companheira, Eva Vilma, Guilherme e Tayrone pelo empenho na mobilização ”, ressalta Márcio Silva Correa.

Eduardo Satil

Postado originalmente por: Manhuaçu News

%d blogueiros gostam disto: