Greve dos tanqueiros gera atraso na entrega de combustíveis em Belo Horizonte

O primeiro reflexo da greve deflagrada pelos transportadores de combustíveis de Minas Gerais, movimento iniciado nesta quinta-feira (25) é o atraso na chegada dos combustíveis. Alguns postos ficaram sem etanol, o posto Pole Position, na avenida Antônio Carlos, na região da Pampulha, por exemplo, fechou por falta de todos os combustíveis.

Para pressionar o Estado, os caminhoneiros fizeram carreata durante a manhã e tarde desta quinta-feira. Com a recusa do governo de abater o valor taxado nos produtos, os tanqueiros fizeram assembleia e votaram pela greve. Com isso, os postos não serão abastecidos.

Os tanqueiros pedem que o governo reduza de 15% para 12% o ICMS cobrado sobre o óleo diesel no Estado. “Os principais Estados que também estão na cadeia forte do combustível como Rio de Janeiro, Espírito Santo e São Paulo possuem uma alíquota de 12%, menor do que é cobrado em Minas Gerais.

Por meio de nota, o governo de Minas pontuou que as recentes mudanças no preço dos combustíveis não são em função do ICMS, mas sim da política de preços praticada pela Petrobras.

Até o momento não há relatos de falta de combustível, mas isso depende da reserva nos postos e a utilização nos próximos dias, se todos encher o tanque do carro ao mesmo tempo, pode reduzir os estoque e jamais tentar acumular em galões. A orientação é manter o consumo normal para o controle de reservas e se possível reduzir, alivia os postos e o bolso.

O post Greve dos tanqueiros gera atraso na entrega de combustíveis em Belo Horizonte apareceu primeiro em Portal MPA.

Postado originalmente por: Nova FM

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: