Pessoas que não fumam, mas inalam fumaça, podem ter diversas doenças

O tabagismo passivo é a terceira causa de morte evitável no mundo, conforme dados da Organização Mundial de Saúde (OMS). O fumante passivo é aquele que não fuma, porém convive com fumantes em ambientes fechados.

A Poluição Tabagística Ambiental (PTA) ocorre quando a fumaça dos derivados do tabaco fica em ambientes fechados. Esta fumaça possui pelo menos quatro mil componentes, sendo mais de 40 deles cancerígenos.

A OMG relata que a PTA é bastante prejudicial em locais fechados, pois o ar poluído comporta até três vezes mais nicotina e monóxido de carbono e até 50 vezes mais substâncias cancerígenas do que a fumaça inalada pelo fumante ativo.

Acredita-se que aproximadamente 1/3 da população adulta mundial seja fumante ativa e que 50% da população total esteja exposta à fumaça de cigarro no meio ambiente, principalmente as crianças.

A exposição à PTA pode ser associada a várias doenças e em diversas fases da vida, como abortos, redução do Quociente de Inteligência, bronquiolite, infecções do ouvido médio, pneumonia, doenças cardiovasculares e aumento do risco de câncer.

Além disso, a exposição à PTA tem sido associada a infecções respiratórias agudas, tuberculose, asma, doença pulmonar obstrutiva crônica, pneumoconiose, câncer de cabeça e pescoço e câncer de pulmão, piora das condições crônicas (rinite alérgica, asma) e aumento da incidência de doenças agudas como pneumonia, otites e resfriados.

Anexos para downloads:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: