Adolescente tem pernas cortadas por linha chilena em Varginha, no Sul de Minas

Um menino de 13 anos foi atingido por uma linha chilena na tarde dessa segunda-feira (22), no Bairro Barcelona, em Varginha, no Sul de Minas.

Segundo o Corpo de Bombeiros, ao chegar ao local, o adolescente estava consciente e orientado, deitado na via pública, com um curativo e um corte grande na altura da panturrilha.

De acordo com a vítima e uma testemunha, o menino estava caminhando com seu pai no passeio, próximo à Escola Municipal José Camilo Tavares, quando foi surpreendido por uma linha chinela na cor verde esticada, após se enroscar na catraca de uma motocicleta.

Os bombeiros explicaram que a linha serviu de “guilhotina” cortando as pernas da vítima. A testemunha, que é enfermeiro, já havia realizado um curativo antes de os militares chegaram ao local. Desta forma, os bombeiros colocaram outro curativo no membro inferior da vítima.

Ainda conforme os militares, no local havia vários adolescentes empinando papagaios. O proprietário da linha que cortou as pernas do menino era uma criança, de 11 anos, que foi conduzida após a Polícia Militar ser acionada para tomar às devidas providências.

A vítima foi conduzida pelo Corpo de Bombeiros para o pronto-socorro para receber o tratamento definitivo.

Mais um caso 

O adolescente, que pretende ser jogador de futebol, pode ter o sonho interrompido/ Foto: Reprodução

No último sábado (20), Gabriel Lucas Alves Nascimento, de 15 anos, foi atingido por uma linha chilena enquanto também caminhava pela calçada próximo de sua residência, em Betim, na região Metropolitana de Belo Horizonte.

As informações são da Guarda Municipal, Polícia Militar e populares. A linha atingiu a vítima na altura dos joelhos.  Na ocasião, ela se prendeu e foi arrastada por um ônibus, que passou com pressão nas pernas do adolescente e provocou um corte bem profundo.

O jovem foi conduzido pelo SAMU para o Hospital Regional de Betim e conforme a Coordenação passou por cirurgias. Até essa segunda-feira, mais de 71 pessoas procuraram a Fundação Hemominas para doar sangue para o garoto, que pode ter o sonho de ser jogador de futebol interrompido. O menino talvez vai ter que amputar uma das pernas.

Crime previsto em lei 

A linha chilena é quatro vezes mais potente que o cerol. Em Betim e em Varginha, o uso de cerol ou de qualquer linha cortante é crime previsto em lei. Se for pego em flagrante, na cidade da Grande BH, a multa é de R$ 2 mil. Em caso de reincidência, o valor pode chegar ao dobro. Já em Varginha, o crime também é passível de multa que varia entre R$ 100 e R$ 1 mil.

Anexos para downloads:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: