Duas barragens da Vale serão totalmente encerradas e sete passarão por mudanças

Nove barragens que possuem os mesmos moldes que as de Brumadinho e Mariana serão encerradas pela Vale. Algumas vão ser transformadas no modelo a jusante, considerado mais seguro.

A empresa destacou que já provisionou US$ 1,9 bilhão, equivalente a R$ 7,4 milhões, para agilizar o término dos trabalhos das barragens.

Em comunicado na noite da última sexta-feira (7), a Vale informou que duas destas barragens serão totalmente encerradas em 3 anos, cinco serão modificadas para o modelo a jusante e as duas restantes terão o fator de segurança mais elevado em três anos.

Segundo a empresa, obras para descaracterização da barragem 8B, na mina de Águas Claras, já iniciaram. Além disso, atualmente, nenhuma das barragens recebem rejeitos, e as operações próximas ao local estão paralisadas.

Em 2019, a Vale considera gastar entre US$ 150 milhões e US$ 200 milhões, em 2020, US$ 500 milhões e, nos próximos anos, entre US$ 150 milhões e US$ 200 milhões.

Estas barragens que vão passar por mudanças e encerramentos são a montante, o mesmo modelo das que romperam em Brumadinho e Mariana.

Anexos para downloads:

13 comentários em “Duas barragens da Vale serão totalmente encerradas e sete passarão por mudanças

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: