Estudo aponta que crianças e adolescentes estão mais estressados na pandemia

Quase quatro mil pessoas foram ouvidas

Uma pesquisa revelou que crianças e adolescentes estão mais estressados devido à pandemia. Os dados foram coletados pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em parceria com outras instituições do Brasil.

De acordo com o estudo, 82% dos lares tiveram prejuízos financeiros e 80% conflitos frequentes. Além disso, mostrou que 51% das crianças estão comendo mais durante o período. Quase 72% estão sedentárias e 52% com problemas no sono.

A pesquisa revelou que 75% das crianças e dos adolescentes passam mais de três horas mexendo no celular. O período ultrapassa o aconselhado pela Sociedade Brasileira de Pediatria, que é de 2 horas.

O estudou entrevistou quase quatro mil pessoas.

 

Anexos para downloads:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: