Fhemig restringe visitas e acompanhantes em unidades de saúde do estado

A Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) restringiu, nessa terça-feira (17), às visitas a pacientes e acompanhantes nas unidades de saúde que são de sua responsabilidade. A intenção é evitar a disseminação do novo coronavírus no estado.

Desta forma, apenas serão permitidos acompanhantes que se enquadram nos critérios previstos por lei, como em casos de idosos acima de 60 anos, internação, crianças e adolescentes de até 18 anos e gestantes.

Além disso, visitantes e acompanhantes com mais de 60 anos, portadores de comorbidades ou pessoa que apresente sintomas gripais não serão permitidos como acompanhantes ou visitantes em nenhuma circunstância.

Os pacientes internados nas Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) são os únicos que vão poder receber visitas, mas com algumas restrições. Apenas será permitida uma visita por dia, de no máximo 30 minutos, nos horários determinados por cada hospital.

A Fhemig atende 20 hospitais e unidades de saúde. A medida entrou em vigor na última terça-feira. Em Minas Gerais, nove municípios têm hospitais sob a gestão da fundação. Dentre eles, o Hospital Regional Antônio Dias (HRAD), em Patos de Minas, Hospital Regional João Penido (HRJP), em Juiz de Fora, Casa de Saúde São Francisco de Assis (CSSFA), em Bambuí, Casa de Saúde Santa Fé (CSSFE), em Três Corações, e Casa de Saúde Padre Damião (CSPD), em Ubá.

Anexos para downloads:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: