Homem é preso suspeito de colocar fogo na residência da ex-companheira; a mulher está em estado grave e o atual dela acabou morrendo

Um homem morreu e uma mulher ficou em estado grave após a casa em que eles estavam ser incendiada em Campos Gerais, no Sul de Minas. O principal suspeito de colocar fogo na residência é o ex-companheiro da vítima. A ocorrência foi registrada no último domingo (10), no bairro Jardim Botânico. O homem de 47 anos, que já teve um relacionamento com a vítima, foi preso nessa segunda-feira (11).

De acordo com o Corpo de Bombeiros, dois policiais militares chegaram ao local antes da guarnição e quebraram a parede do banheiro em busca de vítimas. Ainda segundo a corporação, o casal foi localizado inconsciente e com queimaduras. A perícia da Polícia Civil esteve no local.

A mulher foi levada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em estado grave para o hospital da cidade, porém depois foi transferida para o Hospital Alzira Velano, em Alfenas. Já o atual companheiro dela, Vanderson Ricardo Novaes, de 36 anos, morreu antes de chegar ao hospital. O corpo dele foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) em Poços de Caldas.

A vítima está internada no Centro de Terapia Intensiva (CTI). Ela teve queimaduras em 70% do corpo e deve ser transferida para o Hospital João XXIII em Belo Horizonte.

Conforme o boletim ocorrência, o incêndio havia indícios de que era criminoso. Até o momento, a polícia não deu detalhes de como chegou até o suspeito.

Anexos para downloads:

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: