PF investiga esquema de irregularidades em campanhas eleitorais do PSL em Minas

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta segunda-feira (29), a Operação “Sufrágio Ostentação”. O objetivo é esclarecer se existem irregularidades na aplicação de recursos nas campanhas eleitorais femininas do Partido Social Liberal (PSL), em Minas Gerais.

Os mandados judiciais de busca e apreensão foram expedidos pela 26ª Zona Eleitoral de Belo Horizonte.

Ao todo, foram cumpridos sete mandados, sendo dois na Capital, dois em Contagem, na Grande BH, um em Coronel Fabriciano, um em Ipatinga, ambas do Vale do Aço, e um em Lagoa Santa, na região Central de Minas.

Conforme investigações, candidatas do PSL em Minas Gerais afirmam ter sido colocadas para desviar dinheiro do fundo eleitoral. Uma delas ainda disse que foi convidada para o esquema pelo ministro de Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. Porém, ele nega e não é alvo da operação.

A PF informou que houve apreensão de documentos relativos à produção de material gráfico de campanhas eleitorais.

Anexos para downloads:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: