CARMO RIO CLARO | Região tem sua mais severa geada em quase 27 anos, veja o vídeo

A massa de ar polar que atingiu as regiões do Sul e Sudeste do país fez com que geadas atingisse as  áreas cafeeiras do Sul de Minas Gerais. De acordo com alguns especialistas, com as baixas temperaturas ocasionou em várias lavouras a geada branca e a negra que atingiu severamente as lavouras de café queimando sua folhagem. Em várias propriedades do município de Carmo do Rio Claro foram registradas através de vídeos e fotos os locais mais atingidos pelo fenômeno, uma das lavouras de café que chamou a atenção foi a do produtor rural Breno Corrêa Peres Neto, localizada próximo ao aterro do Breno na rodovia MG -184.

Na manhã desta quarta-feira(21), acompanhamos o produtor Breno e o Técnico Agrícola Carlos Donizete de Souza responsável pela propriedade até o local para registrar como ficou a lavoura de café, que ainda está sendo feita a colheira do fruto. De acordo com Breno, um dos motivos da geada ter sido tão severa no local pode ser a baixa do lago de Furnas, ocasionando a umidade do ar que está baixa e a perda radiativa é intensa, e em função da baixa umidade no ar não há deposição de gelo, ocasionando a geada negra que foi o caso da sua lavoura localizada acima da represa.

O produtor lamentou a situação, mas o que se pode ser feito no momento é aguardar uns 15 a vinte dias diante das baixas temperatura e assim fazer um diagnóstico na lavoura pra saber o real prejuízo e quais formas de recuperar a plantação. O produtor rural também se solidariza com todos os produtores que teve suas lavouras atingidas como é como da região de Passos,Varginha, Machado, Guaxupé, Nova Rezende e entre outras, que possuem uma das maiores áreas da plantação cafeeira  na região movimentando o agro-negócio em todo o país.

 

 

 

 

Postado originalmente por Portal Onda Sul.

%d blogueiros gostam disto: