“Não irei discutir agora o processo eleitoral de 2022”, afirma Rodrigo Pacheco

Pacheco disse que o foco neste momento é a “estabilidade do país”

Após o UOL publicar que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), iria se filiar ao PSD e concorrer à presidência da República, a assessoria de imprensa do parlamentar se manifestou.

Em nota, Pacheco disse que não irá discutir agora sobre as eleições de 2022. “Meu compromisso é com a estabilidade do país, e isso exige foco nos muitos problemas que ainda temos em 2021″, disse.

Conforme o UOL, Pacheco seria a primeira opção de “terceira via” para a próxima eleição e a decisão do PSD passaria por cima do grupo que está sendo criado pelo ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta. O médico pretende criar uma alternativa à polarização entre o ex-presidente Lula (PT) e Jair Bolsonaro (sem partido).

PSD nas eleições estaduais

Em Minas Gerais, o partido pretende lançar o atual prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, ao governo do Estado. No Paraná, Ratinho Júnior tentará reeleição. Já no Rio de Janeiro, o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, é o nome cotado.

Ainda de acordo com o UOL, Geraldo Alckmin deve anunciar em breve sua saída do PSDB para disputar o Executivo estadual pelo PSD em São Paulo.

 

 

associação de ciclismo

Anexos para downloads:

%d blogueiros gostam disto: