Vale recorre contra indenização de R$ 1 milhão para herdeiros de vítimas da tragédia de Brumadinho

A Vale apresentou recurso na última segunda-feira (5)

A Vale recorreu na Justiça do Trabalho contra a indenização de R$ 1 milhão por danos morais para herdeiros de trabalhadores mortos na tragédia de Brumadinho, na região Metropolitana de Belo Horizonte. A barragem Mina Córrego do Feijão se rompeu no dia 25 de janeiro de 2019 e deixou 270 pessoas mortas.

Conforme o Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (TRT-MG), o recurso foi apresentado nessa segunda-feira (5).

No dia 22 de junho, a 5ª Vara do Trabalho de Betim negou embargos de declaração da mineradora. A juíza Vivianne Ramos Correa entendeu que foi improcedente o tipo de recurso usado.

Para o advogado do Sindicato Metabase de Brumadinho, Luciano Pereira, a empresa demonstra com o recurso “pouco valor que ela dá á vida”. Ele explicou ainda que, depois da atitude da Vale, o sindicato vai pedir à Justiça aumento da indenização para R$ 3 milhões.

Até o momento, a Vale não se pronunciou sobre o recurso.

 

Leia mais:

 

Anexos para downloads:

%d blogueiros gostam disto: